NOSSA HISTÓRIA

          A história da NOMA AGROPECUÁRIA DA AMAZÔNIA LTDA, época em que ainda não obtinha esse nome, iniciou-se em 1999 com a Fazenda Entre Rios, de propriedade do empresário Maringaense João Noma, que está localizada na Rodovia BR-429, km 118, no município de São Francisco do Guaporé – RO. Nesse período o foco principal era o sistema de produção de cria, recria e engorda, fornecendo ao mercado animais resultantes do cruzamento industrial entre as raças Nelore e Angus, mais especificamente os Red Angus.

          Em 2010 o empresário, apaixonado pelo mercado Agro vislumbrava a necessidade de material genético de alta qualidade na região, por isso foi idealizado o Projeto Noma, com o propósito de iniciar a criação de um rebanho da raça Nelore (PO) de alta produtividade.

       Nesse mesmo período em paralelo ao sistema de produção e venda de animais Nelore, João Noma adquiriu algumas matrizes e embriões da raça Wagyu. Deu início à criação com o objetivo de analisar a capacidade de adaptação da raça japonesa em habitat brasileiro, principalmente no que diz respeito ao clima e ao pasto, muito diferentes dos encontrados naquela região.              Agora sim criando a NOMA AGROPECUÁRIA DA AMAZÔNIA LTDA.

      O objetivo do Projeto Noma foi formar um plantel Nelore PO de alta eficiência e equilíbrio em todas as características associadas à produção: peso, conformação frigorífica, reprodução e qualidade de carne, além de buscar animais funcionais, equilibrados, produtivos e com opção de sangue para o mercado, selecionados a pasto.

      Com base no sumário Geneplus (programa de melhoramento genético da Embrapa), e posteriormente no trabalho de pesquisa “Avaliação de características de desempenho e qualidade de carne em linhagens e touros representativos da raça Nelore, utilizando ultrassonografia, análise de imagens e NIRS” (Bonin, 2012), foram escolhidos para a formação do rebanho as seguintes linhagens: Lemgruber, IZ, Golias Imp. e Nagpur Imp. (Polonês). O próximo passo foi adquirir doadoras de elevado valor genético dessas linhagens. Assim, foi estabelecida parceria com a Fazenda Tradição, formando o núcleo da linhagem Lemgruber DS. Também foram adquiridas doadoras da linhagem IZ. Dessa forma, por meio de técnicas de reprodução foram produzidas 2000 prenhezes para a formação do rebanho Noma, o qual será estabilizado em 1000 matrizes PO.

      Com o Projeto Noma a todo vapor e os animais Wagyu apresentando boa adaptação ao clima Rondoniense, a Noma Agropecuária iniciou definitivamente a criação de animais da raça Wagyu em 2011. Trazendo os animais para a chácara Olho D’Água, situada no município de Mandaguaçu-PR, dessa forma se tornou o pioneiro em criação de animais Wagyu no estado do Paraná.

      Agora o objetivo era outro, além de atestar a adaptação da raça ao clima e pastos Paranaense. Era necessário investir no melhoramento genético e em produtos finais de extrema qualidade, com muito saber e sempre mantendo bem-estar animal e respeito aos mesmos. Para isso a Noma Agropecuária utiliza das mais modernas técnicas para aumentar o número do rebanho e manter um padrão elevado no produto final. Utilizando tecnologias como a ultrassonografia de carcaça, para qualificar e quantificar o grau de marmoreio, presando sempre atingir a excelência em marmoreio. Entregando com muito prazer produtos oriundos da seleção de animais puros de origem e de genética superior, resultando em cortes de excelência em marmoreio, sabor e suculência.

      Em 2016, visando tornar a fazenda cada vez mais produtiva e independente, iniciou-se um projeto de integração lavoura-pecuária. Com esse manejo facilita as reformas de pastagem, de solo e o fornecimento de alimentos para a nutrição dos animais, deixando mais autossustentável e apresentando melhores resultados econômicos, ambientais e sociais, tanto na agricultura, quanto na pecuária.

       Hoje, os Nelores já são mais de 50 doadoras jovens Noma nelore e 40 garrotes reservas Noma nelore, que serão utilizados o fechamento do rebanho com acasalamentos direcionados e monitoramento da consanguinidade. E os animais Wagyu são mais de 100 animais Wagyu PO.  

CHÁCARA OLHO DÁGUA
Estrada Atalaia, Lote 36 CEP 87160-000
Mandaguaçu - Paraná - Brasil
(44) 99986-9906
contato@nomaagropecuaria.com.br

ESCRITÓRIO CENTRAL
Avenida Colombo, 3060 CEP 87030-010
Maringá - Paraná - Brasil
(44) 3226-5050
contato@nomaagropecuaria.com.br

FAZENDA ENTRE RIOS LH 07 KM 03 Zona Rural CEP 76935-000 CAIXA POSTAL 32 - São Francisco do Guaporé Rondônia - Brasil (69) 98484-4080 (69) 98407-8384 contato@nomaagropecuaria.com.br